O machismo no mundo dos games

  • -

O machismo no mundo dos games

Category : Notícias

Por Amanda Pucci, Enzo Kfouri e Maria Clara Serpa

Ao longo das últimas décadas, o mundo dos games cresceu de maneira  exponencial, atingindo patamares nunca antes previstos. A cada ano, milhares de jogos são lançados no mercado, com narrativas e gráficos cada vez mais complexos. Mesmo com esse desenvolvimento, um problema persiste: o machismo. Maioria entre gamers no Brasil, as mulheres sofrem diariamente com o preconceito, assédio e dificuldades para conseguir patrocinadores. 

Para ajudar a combater o machismo, a organização americana Wonder Women Tech, em parceria com a Women Up Games e a Boot Kamp, lançou a campanha #MyGameMyName neste ano para conscientizar os jogadores sobre o assédio sofrido. 

Entrevistamos as  jornalistas de games Carolina Costa e Thais Stagni para falar um pouco sobre o cenário atual e suas experiências.