Recessão brasileira prejudica bairro de classe media alta da cidade de São Paulo

O bairro de Perdizes, um dos bairros mais ricos da capital paulista, sofre com demissões em massa e redução do numero de clientes nos estabelecimentos.

O bairro de Perdizes , localizado na região oeste da cidade de São Paulo, foi consideravelmente prejudicado pela crise econômica e política que passa o Brasil; é o que dizem Adalto Gomes, 33 anos e gerente da padaria “Nova Charmosa” e Rita Rodrigues, 65 anos e gerente da R.S  Design.

Gomes é gerente desta padaria há dois anos e reconhece que o movimento do estabelecimento diminuiu consideravelmente; “essa é uma padaria tradicional, então os consumidores que vem aqui há anos não pararam de vir ,com isso, as receitas não diminuíram , porem, agora o nosso principal publico se restringiu aos clientes antigos e não os novos fregueses,visto que eles reclamam que é tudo muito caro”. Contudo, o restaurante que Gomes trabalha não teve que demitir empregados, um alento para o estabelecimento em meio a recessão que vive o Brasil.

Para a gerente da R.S Design, o desequilíbrio financeiro do pais afetou muito a loja; o número de funcionários decresceu 50% apenas no ano de 2017 e o lucro também teve um impacto negativo. Segundo Rodrigues, o poderio econômico do consumidor ficou menor e com isso criou-se um ciclo desfavorável nas contas do bazar pois se os clientes compram menos, o ganho também reduz.

O senso comum dos dois entrevistados foi de decepção com o atual momento do Brasil, nenhum deles acredita numa melhora na situação político-econômica brasileira em um curto período de tempo;”eu tenho 65 anos, creio que não verei este pais economicamente saudável novamente, este processo de melhora pode durar até dez anos” disse a senhora Rodrigues. A insatisfação também inclui o Presidente Michel Temer e o Poder Legislativo e Judiciário do país.

Leave a Reply