Divulgação
Texto de Luísa Marchiori – RA00093550 Desde 2011, a Galeria Pilar funciona na região central de São Paulo, no bairro de Santa Cecília. Fundado pelo arquiteto Elisio Yamada em conjunto com o galerista Henrique Miziara, o espaço possui 400m² úteis e abriga, até o dia 3 de junho, 40 obras do artista Marcello Nitsche, falecido pouco antes do início da mostra. Conhecido mundialmente por ser o principal ícone da Arte Pop brasileira, Marcello iniciou sua carreira nos anos 60 e era visto como irreverente e subversivo no cenário internacional. Por mesclarem diversas técnicas, suas peças – que vão desde esculturas a vídeos – foram incorporadas ao repertório cultural que atacava a ditadura, principalmente por seu aspecto não funcional e seu caráter combativo. Logo na entrada, o expectador se depara com a icônica escultura “Lig Des”, em alusão ao ato de ligar e desligar aparelhos eletrônicos. É uma chaminé metálica acoplada a um balão vermelho sangue, em contraste vibrante com as paredes brancas e o piso de cimento queimado da galeria. Segundo o jornalista e crítico de arte Silas Martí, é por se tratar de uma estrutura “balofa, capenga e desprovida de função”, que a obra representa a conjuntura política que se instaurou no Brasil a partir de 1968. Além desta, está presente o conjunto de peças entitulado “Pinceladas”, sua série mais recente de trabalhos, que passou há pouco pelo SESC Pompéia. Trata-se de esculturas metálicas coloridas e tridimensionais, que aparentam ser, de fato, pinceladas feitas no ar ou nas paredes. Outros dois artefatos que chamam a atenção do visitante são a “Vaca”, peça de 1966 que mostra o próprio animal setorizado em peças de carne, como nos açogues, e o quadro “Eu quero você” – um dedo apontando diretamente a quem o olha, com uma grande gota de sangue na ponta, no melhor estilo Tio Sam e o clássico jargão de convocatória para a 2ª Guerra Mundial, “I want you for the US Army”. Aos interessados em ver de perto o acervo de Nitsche, a exibição vai até o dia 3 de junho e é aberta ao público de terça à sexta, das 11h às 19h, e aos sábados, das 11h às 17h. A entrada é gratuita. Serviço: Exposição: Marcello Nitsche Inauguração: 06 de abril de 2017, 19h as 22h Visitação: 07 de abril a 03 de junho de 2017 De terça a sexta, das 11h às 19h, e aos sábados, das 11 as 17h Entrada gratuita Galeria Pilar Rua Barão de Tatuí, 389 – Vila Buarque – SP Metrô mais próximo – Estação Santa Cecília ou Marechal Deodoro

Leave a Reply