Por Isabela Rovaroto

A galeria de arte Marília Razuk recebeu este ano três séries individuais da artista colombiana Johanna Calle. As séries refletem a condição da mulher na Colômbia e o processo de aculturamento dos povos indígenas em seu país e na América Latina.

Minúsculas

A série de 2013 feita em papel japonês datilografado é dividida em cinco partes, cada uma com doze placas organizadas de formas distintas. “Johanne aborda a questão da mulher colombiana nos anos 30 que não tinha muitas opções no mercado de trabalho além da datilografia” disse Lays Adde, assistente de Marília Razuk.

Além de utilizar recursos simbólicos em seus trabalhos, Johanne usou o texto datilografado nessa série para se referir ao processo de aculturação dos indígenas de seu país. ‘’Perdendo sua cultura para a cultura espanhola, tendo que aprender uma nova língua, o índio abre mão de todo sua cultura histórica para a cultura do colonizador. Minúsculas faz referência a posição diminuída do índio nesse processo’’, explicou Adde.

Minusculas, 2013



Simbiontes

A série produzida entre 2014 e 2015, é composta de sete obras feitas em malha de arame com pequenos bordados. “O título da série faz referência a uma relação simbiótica de dois ou mais organismos que, apesar de distintos, atuam em conjunto para o benefício mútuo, conceito o qual pode ser aplicado na sociedade colombiana”, explicou a assistente de Razuk.



Párrafos

A terceira série da artista colombiana reúne doze trabalhos feitos em bases de MD, linhas retas de aço e letras antigas de borracha. De longe as letras não podem ser reconhecidas e as obras se assemelham a partituras musicais. Segundo a assessora, a artista enfatiza seus valores artísticos e , ao mesmo tempo, questiona a capacidade de comunicação de cada código.



Adde explicou que artista colombiana sempre trata de temas referentes ao seu país e a América Latina. “Todo trabalho dela, apesar de ser delicado formalmente, toca em vários problemas sociais e políticos. Ela consegue abordar tais questões dando significados intelectuais e históricos escondidos pela forma. “.

Leave a Reply