Por Mariana Lopes

A inflação na Turquia subiu para 25% no mês de setembro, em relação ao mesmo mês do ano passado, um aumento de 6,3%,  bem acima da expectativa de 3,6%  em relação à variação de analistas contratados pela Reuters.

Com este número, o país chega a sua maior inflação em 15 anos. A lira turca, após o anúncio, caiu 2,15% em relação ao dólar. Desde o começo do ano, a moeda já perdeu 40% do seu valor, em função a políticas econômicas do presidente turco Recep Tayyip Erdogan e conflitos diplomáticos da Turquia com os EUA.

De acordo com o Banco Central, a inflação subiu para 24,52% em comparação ao ano anterior. Em agosto a inflação era de 17,19%, também em termos atualizados.

O problema turco, de acordo com José Francisco Gonçalves, professor de economia da USP e economista-chefe do Banco Fator, é algo muito mais complexo que apenas o aumento constante de sua inflação.

A Turquia, por sofrer uma desvalorização tão grande de sua moeda, criou um cenário onde seus investidores, em uma tentativa de se prevenirem, trocaram suas liras turcas por dólares, a moeda de referência no mundo todo. Mas o governo turco não possui reservas de dólares em um volume tão expressivo comparado com o Brasil, o que só deixa o país mais vulnerável.

Esquerda-Donald Trump; Direita Recep Erdogan. Fonte: https://www.novinite.com/articles/185923/Erdogan+with+a+Sharp+Warning+to+Trump+about+Jerusalem

Esquerda-Donald Trump; Direita Recep Erdogan. Fonte: https://www.novinite.com/articles/185923/Erdogan+with+a+Sharp+Warning+to+Trump+about+Jerusalem

O Brasil, por exemplo, possui uma enorme reserva de dólares, portanto, se a crise da Turquia fosse chegar a todos os países emergentes, ela não iria afetar tanto os brasileiros.

Mas o dólar, de acordo com o professor José Gonçalves, não está muito estável neste momento. Com as eleições chegando a sua reta final, o mercado financeiro brasileiro ficará errático até que o presidente seja eleito. E, como consequência, o dólar também não ficará constante, pois, para se proteger de qualquer situação inesperada, os investidores vão comprar dólares e não irão investir no país.

Leave a Reply