Por Victor Félix

Cabeça de cobra Muçurana.                                                                                                                                    Foto: Victor Félix

Imagine a seguinte situação hipotética: você está em uma trilha, no meio de uma floresta, sozinho, quando de repente uma cobra aparece bem à sua frente. O que você faria? Tentaria sair correndo ou continuaria seu caminho, desviando da cobra? E se por acaso ela te mordesse? Seria ela peçonhenta? O que fazer em tal situação tão desesperadora? As respostas para todas estas e outras perguntas podem ser encontradas no Instituto Butantan.

Principal produtor de imunobiológicos do Brasil, o Instituto é responsável pela produção de boa parte das vacinas e soros que tomamos ao longo de nossas vidas, para prevenir doenças letais. O lugar possui também centros de pesquisa relacionadas a biologia e biomedicina, além uma série de museus que desenvolvem atividades educacionais e culturais, como por exemplo o Museu Biológico, Museu Histórico e Museu de Microbiologia.

Logo, o Instituto Butantan se torna um lugar de extrema importância não só biológica e científica, mas também cultural e educacional, graças aos seus museus que têm como objetivo conscientizar as pessoas sobre animais peçonhentos e o quanto podem prejudicar a saúde, além da importância de se tomar as vacinas devidas.

O Museu Biológico reúne um grande conjunto de artrópodes, répteis e peixes vivos, alocados em locais que imitam seu habitat natural. Destaque para o grande número de cobras e aracnídeos, mostrando a enorme diversidade e riqueza de espécies destes animais. Além disso, o museu também conta com visitas guiadas e placas informativas que explicam as principais características dos animais lá presentes, indicando quais deles são venenosos e perigosos.

Cobra Liana Verde no Museu Biológico do Instituto Butantan.                                                            Foto: Victor Félix

 

Iguana no Instituto Butantan.                                                                                                                       Foto: Victor Félix

 

Tarântula no Instituto Butantan.                                                                                                                                 Fonte: Wikipedia

Já o Museu de Microbiologia mostra um pouco do que é feito diariamente no Instituto. Vários microscópios são montados com microrganismos, onde os visitantes podem observar a complexidade destes seres. Além disso, vídeos explicativos e maquetes completam a exposição.

Museu de Microbiologia do Instituto Butantan.                                                                                                          Fonte: Wikipedia

O Museu Histórico, como o próprio nome já diz, tem como objetivo mostrar às pessoas a história das vacinas, da pesquisa pela cura de doenças até então consideradas incuráveis.

Museu Histórico do Instituto Butantan.                                                                                                                      Fonte: Wikipedia

Saindo um pouco da área científica/biológica, o Instituto oferece uma enorme área de lazer para visitantes: lugares arborizados, ideais para caminhadas, para andar de bicicleta ou para um bom piquenique. Além disso, um grande serpentário localiza-se na parte de fora do Museu Biológico, onde as pessoas podem ver as cobras de perto, servindo de atrativo para os visitantes. Existe uma área cheia de placas e outdoors informativos, que explicam a história inteira do Butantan, desde sua fundação em 23 de fevereiro de 1901 até os dias de hoje, destacando descobertas e feitos relevantes para o mundo da ciência.

Portanto, é de extrema importância que as pessoas saibam sobre os perigos que enfrentam mundo afora: as possíveis doenças que podem pegar, o que fazer em caso de contaminação e como se prevenir para evitar tal contaminação, por isso a importância do estudo dos microrganismos. Assim como é preciso saber como agir caso encontrarmos um animal perigoso e venenoso, evitando assim o pior. Nesse sentido, o Instituto Butantan é essencial, promovendo o conhecimento necessário às pessoas sobre esta vertente tão complexa e, ao mesmo tempo, tão interessante de ciência, que é o estudo das vacinas.

Voltando à questão inicial, se você tivesse visitado o Instituto Butantan, você saberia o que fazer e como fazer.

Leave a Reply